04/07/2010

IMPACTOS DE UMA LIDERANÇA

Quero fechar a semana, comentando o fato que mais me chamou atenção, ao perdermos a copa: a atitude do líder! Não quero aqui falar da pessoa do Dunga, mas sim, a ATITUDE de sua liderança frente à derrota do time. Deixemos as emoções de lado com relação a ser o Brasil e vamos olhar de maneira racional!


Mais uma vez todos os brasileiros se uniram para um grande objetivo: TORCER ! Muita alegria, boas energias, e muita emoção. Esta ocasião nos lembra que onde existe um grande objetivo, há alegria e vontade de chegar lá.

Pois bem... Quantas vezes seu chefe lhe deu as costas mediante um erro? Pois, foi exatamente isto que o técnico Dunga fez. Não sei quantos prestaram atenção na cena mas, ao deparar-se com a derrota, ele saiu rapidamente para o vestiário e deixou seus jogadores! Se o time estava emocionalmente abalado, vejam o técnico! Tenho em mente que um bom líder jámais faria isto. Ao contrário, acolheria um a um. Se fez depois, não foi a imagem que ficou...

Infelizmente ainda hoje isto é muito comum nas empresas. As vitórias são comemoradas muitas vezes de forma individual e quando muito, ouvimos frases do tipo “minha equipe” ! Mas ainda passa pelo eu e depois pelo nós.

De maneira geral, os líderes desempenham um papel-chave na monitoração do progresso das pessoas e, consequentemente, no lucro da empresa. A questão travada aqui é que os gestores sabem pouco sobre pessoas com quem trabalham. Falo isto com propriedade pois, muitos dos meus alunos não reclamam da empresa que trabalham, mas sim dos líderes que possuem.

Quando os times estão bem direcionados, com papéis claramente definidos e com uma liderança que APOIA e motiva, os resultados acontecem. É assim no futebol e é assim nas organizações.

video
Vejam o filme:

Era isto que eu esperava dele!

Acredito fortemente que devemos prestar atenção nos detalhes, e por isto esta cena, de deixar o time e dar-lhe as costas, me chamou muito a atenção.

As relações saudáveis dependem pura e simplesmente do cuidado com o tratamento que damos uns aos outros. Na atenção que dispensamos à isto.
Cada vez mais as empresas me procuram para falar sobre liderança. Mas tudo isso só tem resultado se o líder está conectado com sua equipe, e isto depende da forma com que ele a trata.

E para finalizar, tenho em mente que quando o time entende que é um time, quando trabalha junto por um único objetivo, neste momento o líder consegue conduzi-lo aos resultados. E para isso, é necessário cuidar do relacionamento, da clareza de seus papéis, de seus objetivos individuais e os do time. E principalmente, mudar de tática, caso necessário.

Bom por hoje é isto. Boa semana para todos nós, mesmo sem o hexa,


Cintia Menegazzo

Nenhum comentário:

Postar um comentário